Atentimento Online

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas informações

Notícias

Má cicatrização pode resultar em alterações mecânicas no corpo

 

Segundo especialistas, dores lombares após cirurgias são as mais comuns
Antônia Franco descobriu, através da Osteopatia, que uma das causas de sua dor lombar era originada pela cicatriz da cesárea.

Sabia que uma cicatriz pode influenciar diretamente em nosso organismo? 

Isso ocorre, principalmente, quando a mesma gera aderência ocasionada por má cicatrização. Esta perda de movimento do tecido leva a alterações mecânicas e, consequentemente, sobrecargas e dores.

Segundo o fisioterapeuta, “não existe um sintoma específico quando a causa é uma cicatriz. Os indícios podem ser diversos e aparecem em qualquer local do corpo. Mas o que mais encontramos na prática clínica são dores lombares que surgem ou pioram após cesárea ou abdominoplastia”, explica o profissional. E acrescenta: “Quando falamos após a cirurgia não quer dizer imediatamente; este processo pode ser longo e os sintomas, muitas vezes, aparecem depois de anos”.

Porém, não é possível afirmar que todas as cicatrizes irão gerar uma alteração considerável no organismo. “Mas grande parte sim, sobretudo em indivíduos que tiveram má cicatrização, ou também, passaram por cirurgias muito traumáticas ou de urgência”, esclarece o fisioterapeuta.

Tratamento

Todos os pacientes são avaliados de forma completa, pois a Osteopatia sempre irá buscar a origem da dor. “Uma das formas de descobrir isto é através do que chamamos de teste de inibição, um teste característico realizado para saber se a cicatriz tem influência na dor do paciente”.

No tratamento osteopático específico para a cicatriz, é feito mobilizações no local da cicatriz para "quebrar" as aderências, devolvendo a mobilidade necessária. Os especialistas afirmam que a duração do tratamento depende muito do tempo da lesão, ou seja, quanto mais antiga a cicatriz, possivelmente, mais demorada será a terapêutica, o que também não é uma regra.
fisioterapia cicatriz
“Os resultados normalmente já são observados na primeira sessão e as chances de melhora são muito grandes. Lembrando que a cicatriz pode ser um dos causadores da doença, podendo existir outros agentes”.

Isso aconteceu no caso da dona de casa Antônia Franco. “Convivi com uma dor lombar por três anos que só aliviava quando eu tomava remédios. Estes por sua vez, acabaram gerando outros efeitos colaterais como fortes dores de cabeça e insônia. Consultei diversos especialistas e não obtive sucesso em nenhum tratamento. Foi então que comecei o tratamento com a Osteopatia e descobri que uma das causas da minha dor era originada pela cicatriz da cesárea”, relata.

Há cinco meses desde o início do tratamento, Antônia já percebe o resultado. “As dores diminuíram, passei a ter mais disposição, equilíbrio emocional, durmo melhor e as enxaquecas sumiram. Enfim, hoje me sinto muito bem, como há muito tempo não sentia”, conclui.


Fonte: Segs

 

« voltar às notícias