Atentimento Online

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas informações

Notícias

Após maratona de finais, Santos usa folga para prevenir lesões de titulares

Enquanto um Santos entra em campo às 18h30m deste sábado para enfrentar o Botafogo no Engenhão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o "outro" Peixe folga para evitar a fadiga em uma época de decisões. O descanso dado aos atletas titulares do Peixe no fim de semana servirá para que a equipe de preparação física do time atue fora dos gramados.
Com o apoio de aparelhos de musculação e fisioterapia, além dos exercícios de pilates, Ricardo Rosa, preparador físico, trabalha para que Neymar e companhia não sofram na reta final da Taça Libertadores. Os atletas passam por algumas atividades para evitar as temidas lesões.
- Quando jogam quarta e domingo, não há como recuperar os jogadores da maneira adequada. Poupando alguns atletas, nós conseguimos fazer uma melhor recuperação e prevenir as lesões sem contato (quando não há choque com outro jogador). Fazemos um fortalecimento muscular em superfícies instáveis para acionar os músculos profundos. Isso serve para dar equilíbrio aos grupos musculares - explicou o profissional.
Desde a chegada de Muricy Ramalho, há 14 partidas, o Santos teve nove duelos decisivos, entre jogos do Campeonato Paulista e da Taça Libertadores. O treinador só pode dar uma folga aos principais jogadores da equipe no fim de semana passado, quando os liberou da estreia do Brasileiro contra o Internacional - eles apenas treinaram no sábado - e deu o domingo de folga. O mesmo ocorrerá neste fim de semana, quando o time B do Peixe pegará o Botafogo.
Apesar da maratona de partidas, Rosa acredita que o índice de lesões do Peixe foi baixo. Foram quatro atletas machucados: Alan Patrick, Jonathan (com edemas), Maikon Leite e Paulo Henrique Ganso.
- O desgaste deles é físico e mental. Além da parte muscular, eles têm a "cobrança" da mídia, família e torcida por resultados. Por isso tem de descansar a cabeça também. Eles sabem o que fazer no domingo: não devem exagerar na comida e na bebida, 
para que isso não gere problemas estomacais, e precisam relaxar com as famílias.



Fonte: Fut Peneiras
 
« voltar às notícias