Atentimento Online

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas informações

Notícias

Pilates pode ser um grande parceiro para combater a depressão
 

A depressão ou transtorno depressivo é uma doença que se caracteriza pela profunda alteração do organismo e da mente do indivíduo. Essa condição traz entre outros efeitos, a sensação contínua de falta de vitalidade, angústia, sensação de vazio, falta de confiança em si próprio, pessimismo e desanimo. Trata-se de uma doença complicado, de difícil diagnóstico e que, em casos mais graves, pode trazer tendências ao suicídio.

Para combater e prevenir a doença, além de acompanhamento médico, exercícios físicos podem ajudar, e muito. Uma opção muito eficaz é o pilates, que vem sendo indicado por muitos médicos. Além de ser uma atividade voltada para a necessidade de cada pessoa, como todo exercício físico, libera endorfina para o cérebro. Esta substância proporciona uma sensação de paz, prazer e tranquilidade. De modo geral, para pessoas com esse transtorno, o pilates costuma ser muito eficiente e animador, pois o método conecta o corpo com a mente, já que dois de seus princípios básicos são a concentração e a respiração.

A frequência recomendada é de 2 a 3 vezes por semana e os resultados dependem de cada um. O aluno que tiver mais regularidade nas aulas e com acompanhamento médico adequado poderá perceber melhor e mais rapidamente os resultados do pilates. A atividade, em uma fase inicial, é de baixa dificuldade, justamente para o aluno adquirir essa consciência. Após algumas semanas, os exercícios vão se tornando mais desafiadores. 

É um método mais tranquilo que conecta a mente e o corpo, melhora a saúde em geral, reduz a ansiedade, diminui o stress, além de otimizar a concentração, a respiração e o relaxamento. Após 3 ou 4 semanas de treino, a pessoa já se sente mais autoconfiante, apresentando, inclusive, alterações estéticas em alguns casos. Além disso, o praticante acaba percebendo a melhora na qualidade do sono, do apetite, a sensação de leveza e eliminação de dores por má postura.
pilates depressão

 

« voltar às notícias